terça-feira, 17 de outubro de 2017

Justiça mantém Renato Mendes fora da Prefeitura de Alhandra

A decisão do juiz Antônio de Lima teve por base uma ação movida no ano de 2013 pelo Município de Alhandra, contra a gestão do então prefeito Renato Mendes

Renato Mendes 
Renato Mendes
O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) não atendeu, na tarde desta terça-feira (17), o pedido dos advogados de defesa do prefeito de Alhandra, Renato Mendes, para tornar sem efeito a decisão do juiz Antônio de Lima que determinou a posse imediata do vice-prefeito, Edileudo da Silva. Com a decisão, o prefeito Renato Mendes continua afastado exercício do mandato.

O desembargador Leandro dos Santos afirmou na liminar que “diante de todas as premissas, fáticas e jurídicas, não vislumbro erro a ensejar a premente necessidade de suspender os efeitos da decisão agravada, considerando o fato de que a ausência de intimação do advogado é facilmente sanado com a determinação da republicação do julgado, o que será feito”. Com a decisão, fica mantida a decisão do juiz Antônio de Lima, em afastar Renato Mendes do mandato.
O afastamento de Renato Mendes teve por base uma ação movida no ano de 2013 pelo Município de Alhandra, contra a gestão do então prefeito Renato Mendes. A ação, movida durante a gestão de Marcelo Rodrigues, acusava o antigo gestor de ter supostamente desviado R$ 12 milhões do Instituto de Previdência do Município.
Em 2015, o Renato foi condenado a devolver aos cofres públicos os juros correspondentes aos R$ 12 milhões, no valor de R$ 1,2 milhão. Em 2017, Renato Mendes chegou a ser condenado no Tribunal de Justiça a pagar o valor dos juros e também a inelegibilidade por um período de oito anos. O processo foi transitado em julgado no dia 28 de agosto do mesmo ano.

Como os advogados de Renato Mendes não recorreram da decisão, o relator do caso, o desembargador Leandro dos Santos, remeteu o processo ao juízo de Alhandra para que fosse comprida a decisão.

Antes de pedirem a suspensão da decisão do juiz em afastar Renato Mendes, os advogados conseguiram no TJPB uma certidão afirmando que nem os advogados, nem mesmo o prefeito foram notificados sobre a decisão do transitado em julgado e por isso, não puderam recorrer.

Na liminar, o desembargador Leandro dos Santos determinou a imediata republicação do Acórdão do processo contra o prefeito de Alhandra, com a estrita observância das normas processuais, no que afeta aos requisitos legais das publicações.

“Determino, ainda, que o Juízo da Comarca de Alhandra remeta, em 24h, os autos do referido processo a esta Corte, a fim de que ele possa retomar a marcha processual regular. Torno sem efeito, sem prejuízo da execução provisória já desencadeada, qualquer pronunciamento, certificado nos autos, no sentido de assentar o trânsito em julgado da Ação”, destacou o desembargador na liminar.  

Da Redação com Correio

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

BOMBA: Nudes atribuídos a Pâmela Bório tem dividido opiniões nas redes sociais – VEJA FOTOS


Duas fotos íntimas, supostamente da ex primeira dama, Pâmela Bório, estão dividindo opiniões em grupos de Whatsapp.
Alguns garantem ser a ex esposa de Ricardo Coutinho em momentos íntimos. E para corroborar com a autenticidade das imagens se baseiam em um incidente ocorrido em 2016. A jornalista teve seu celular roubado e as fotos, que parecem selfies, poderiam estar no celular levado.

Já outros dizem que se trata de uma sósia de Pâmela e relembram o caso que aconteceu com a primeira dama, Marcela Temer. Marcela chegou a ser chantageada para que as fotos comprometedoras não fossem divulgadas. Conforme se comprovou, as fotos da esposa do presidente Michel Temer eram de uma modelo, Vanessinha Vaillati.

A jornalista esteve presente em uma série de manchetes nos últimos meses, mas nem sempre com boas notícias. Recentemente desligada do Sistema Tambaú, onde trabalhou por dez anos, Pâmela foi atropelada em dezembro de 2016 e assaltada em outubro por criminosos armados. Um único alívio talvez tenha sido a absolvição no Escândalo da Lagosta, caso do tempo em quem era primeira dama do estado.
De toda forma, resta questionamentos. Sendo mesmo Pâmela, a quem interessa essa exposição? Como essas fotos vazaram? Se as fotos estavam no celular roubado em 2016, por que só agora vieram a tona? Qual o motivo de expôr uma mulher dessa forma? A ceerteza é que Pâmela já mostrou que ter força suficiente para passar por mais essa reviravolta. A reportagem do Polêmica tentou ouvir a ex-primeira dama e não conseguiu.

Da Redação com Polêmica Paraíba

Policial é novamente processado por cobrar melhorias para a P

Policial é novamente processado por cobrar melhorias para a PM
O Cabo Gilberto voltou a ser processado pelo Comando da Polícia Militar. Ele é o policial mais processado por um mesmo Governo, um recorde, sem dúvida. No próximo dia 17, estará novamente no banco dos réus, a partir de um IPM (Inquérito Policial Militar), enquadrado no art. 166, do Código Penal Militar, por uma entrevista concedida ao programa Intrometidos, em 12 de dezembro de 2016.

“Acharam pouco, fizeram um IPM e agora estou processado”, lamentou o Cabo Gilberto. Naquele programa, o cabo lamentou que a Paraíba seja o Estado que paga o pior salário do País aos seus policiais. Ele também criticou a chamada MP do Mal (nº 242), que congelou os salários e os planos de cargos de todas as categorias de servidores estaduais.

Além de novo IPM, o Cabo Gilberto também é alvo de 10 sindicâncias internas, por defender sua categoria.
 
Da Redação com Resumo PB

Motorista fura blitz, troca tiro com policiais e bate carro em poste em Campina Grande

Homem conseguiu fugir por um matagal. Carro apreendido era roubado.

Motorista fura blitz, troca tiro com policiais e bate carro em poste em Campina Grande (Foto: Divulgação/CPTRAN) Motorista fura blitz, troca tiro com policiais e bate carro em poste em Campina Grande (Foto: Divulgação/CPTRAN)

Um motorista furou uma blitz nesta segunda-feira (16) no bairro do Distrito dos Mecânicos, em Campina Grande, e na perseguição trocou tiros com os agentes da Companhia de Polícia de Trânsito (CPTRAN). De acordo com o sargento Valterci, na fuga o homem acabou batendo o carro em um poste e conseguiu fugir por um matagal.
Ainda segundo o sargento, o Volkswagen Golf preto que foi recuperado havia sido roubado no início do ano na cidade de Água Branca, no Sertão. Ele estava com uma placa adulterada do Ceará.
Ninguém ficou ferido durante a perseguição. Buscas foram realizadas nas proximidades do matagal localizado no bairro do Itararé, mas até as 16h desta segunda-feira o fugitivo não foi localizado.
Homem que estava dirigindo o carro roubado conseguiu fugir por matagal (Foto: Divulgação/ CPTRAN) Homem que estava dirigindo o carro roubado conseguiu fugir por matagal (Foto: Divulgação/ CPTRAN) 
Da Redação com G1 

Presos por assaltos a bancos e Correios na PB ostentavam dinheiro roubado

Um paraibano e três mato-grossenses foram presos em julho deste ano durante operação da Polícia Civil; agora, a Polícia Federal decretou a prisão preventiva do grupo

Polícia Federal
Polícia Federal
Um paraibano e três mato-grossenses tiveram a prisão preventiva decretada pela Polícia Federal e foram ouvidos nesta segunda-feira (16). O grupo já estava preso desde julho após operação da Polícia Civil e é suspeito de roubar bancos, ostentando, inclusive, o dinheiro resultante dos roubos.

Segundo a PF, o grupo foi responsável pelo arrombamento da agência dos Correios de Cabedelo, na Grande João Pessoa, na madrugada do dia 8 de julho deste ano e roubou R$ 9.076,21.

Suspeitos ostentavam dinheiro roubado
Foto: Suspeitos ostentavam dinheiro roubado
Créditos: Divulgação/Polícia Federal
Grupo já estava preso após operação da Polícia CivilFoto: Grupo já estava preso após operação da Polícia Civil
Créditos: Divulgação/Polícia Federal
Os suspeitos do Mato Grosso vieram para a Paraíba com a intenção de realizar diversos crimes contra Correios e instituições bancárias, sendo que, ao se prepararem para realizar uma ação contra o Banco do Brasil, foram impedidos pela Delegacia de Combate a Crimes Contra o Patrimônio, unidade da Polícia Civil, em João Pessoa, a qual passou a trocar informações com a PF acerca de outras ações criminosas do grupo.
Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela 16ª Vara Federal e o grupo responderá por formação de quadrilha e furto qualificado.
Segundo a Polícia Federal, outras pessoas podem ser presas suspeitas de crimes junto com esse grupo.

Da Redação com Correio

TJPB divulga novo lote de sentenças do Meta 4; veja condenados

40 ações civis públicas foram julgadas

O Grupo de Trabalho da Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no âmbito do Tribunal de Justiça da Paraíba, responsável pelo julgamento dos processos que tratam de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, divulgou, na manhã desta segunda-feira (16), mais um lote de sentenças. Das 53 ações analisadas, 17 foram pela procedência do pedido, 20 pela procedência parcial, 11 pela improcedência das denúncias e cinco processos foram extintos, sem julgamento do mérito.
De acordo com o coordenador da Meta 4 no Tribunal de Justiça da Paraíba, juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, esse lote de sentenças alcançou 29 cidades no Estado, o que, para ele, “é uma área bastante expressiva”. O magistrado relatou que o Grupo de Trabalho tem avançado no interior e tem visitado todas as Comarcas, procurando, exatamente, aqueles processos que são incluídos na Meta para serem sentenciados em breve espaço de tempo.
“Nós já ultrapassamos a Meta. Atingimos mais de 70%. Os 30% restante estão sendo trabalhados para atingir os 100% e zerar o acervo total, para que no próximo ano, 2018, a gente já comece com uma folga. Hoje, na Paraíba, não podemos falar em morosidade no que se refere a processos que envolvam matérias afetas à improbidade administrativa”, afirmou Antônio Carneiro.
Com relação aos processos julgados neste lote, constam 40 Ações Civis Públicas, oito Ações Penais, três Embargos de Declaração e duas Ações Populares. Esses processos são oriundos das comarcas de Taperoá, Pocinhos, Princesa Isabel, Soledade, Santa Rita, Lucena, Cajazeiras, Itaporanga, São João do Rio do Peixe, Sousa, Areia, Guarabira, Queimadas, Campina Grande, Ingá, Monteiro, Santana dos Garrotes, Prata, Aroeiras, Boqueirão, Pombal, Catolé do Rocha, Patos, Piancó, Conceição, João Pessoa, Pilar, Esperança e Malta.
Grupo de Trabalho da Meta 4 – Fazem parte da equipe responsável por julgar os processos referentes à Meta 4 do CNJ os juízes Antônio Carneiro (coordenador da Meta), Antônio Eugênio Leite Neto, Hugo Gomes Zaher, Jailson Shizue Suassuna, Keops Pires, Renata Câmara Pires Belmont e Rúsio Lima de Melo.

Confira no link relatório das sentenças:

Da Redação com Assessoria

Juiz determina afastamento do prefeito de Alhandra e posse do vice-prefeito

Magistrado determina a suspensão dos direitos políticos, com a consequente perda do mandato de prefeito


Na sentença, o juiz determinou a posse imediata do vice-prefeito Edileudo da Silva Salvino (Foto: Reprodução)
O juiz Antônio Eimar de Lima, da comarca de Alhandra, encaminhou à presidência da Câmara Municipal da cidade cópia da decisão transitada em julgado que condena o prefeito Renato Mendes Leite por improbidade administrativa e determina a suspensão dos direitos políticos, com a consequente perda do mandato de prefeito.
Na sentença, o juiz determinou a posse imediata do vice-prefeito Edileudo da Silva Salvino.
Em ofício, o juiz pede ao presidente da Câmara, Valfredo José da Silva, providência imediata sob pena de responsabilidade.
O prefeito foi condenado em ação civil pública por ato de improbidade.
A defesa do prefeito, no entanto, alega que "essa decisão foi de 2008 e não houve acórdão publicado e, por esse motivo, o juiz de Alhandra atribuiu essa condenação".
Assegura, ainda, que da decisão cabe recurso.
O prefeito está reunido com os advogados no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), em busca da certidão informando que não houve a intimação dos advogados. Segundo Mendes, o afastamento não ocorrerá. “Com base nessa decisão, nós vamos suspender a decisão do juiz”, disse o advogado do prefeito, Fábio Rocha.

 
Da Redação com Click PB
 
 

Assaltantes a cavalo roubam dinheiro de mulher em Guarabira

Assaltantes a cavalo roubam dinheiro de mulher em Guarabira
Dois homens montados em cavalos assaltaram uma mulher na cidade de Guarabira na noite de ontem, domingo (15). O fato foi registrado por volta das 20h no relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop).

Segundo informações da vítima, um dos homens estava trajando uma camisa verde e com uma gaiola na mão. Os homens que estavam em dois cavalos e abordaram a vítima, conseguiram levar dinheiro dela.

A polícia não conseguiu prender nenhum dos suspeitos do crime.


Da Redação com PB Agora

Sargento reformado da PM é morto a tiros em estrada em Santa Rita

Sargento reformado da PM é morto a tiros em estrada em Santa Rita

Um sargento da Polícia Militar reformado foi morto a tiros, na noite desse sábado (14), em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Segundo apuração da TV Correio, a vítima foi atingida pelos disparos em uma estrada no distrito de Várzea Nova. Ele teria ido à região para caçar animais. Ele teria sido abordado pelos criminosos na volta para casa. O policial fazia o percurso de motocicleta, por uma estrada com pouca iluminação, quando foi atingido pelos tiros.

O barulho dos disparos chamou atenção de funcionários de um posto de combustíveis da região, que acionaram a Polícia Militar. Porém, quando a viatura chegou ao local o autor dos tiros já tinha fugido. O sargento reformado não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de ser levado para um hospital. O corpo dele foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) da Capital.

O Portal Correio tentou contato com a Polícia Civil para saber se já indícios sobre autoria e motivação do crime, mas as ligações não foram atendidas.

 Da Redação com Correio

sábado, 7 de outubro de 2017

Vice prefeito Dr. Temístocles Ribeiro Filho emite nota sobre rompimento político dele com a prefeita de Conde

   
Aos amigos e irmãos do Conde
Em respeito ao estabelecimento da verdade e honestidade que marcam minha vida, sinto-me na obrigação de falar ao meu povo da minha querida cidade.
Fui surpreendido na noite de ontem com matérias veiculadas pelas mídias a respeito de uma “nota” supostamente distribuída pela prefeita do Conde onde ela faz agressões gratuitas, desnecessárias e desrespeitosas à minha pessoa.
Não entendo o porquê de tanto ódio, agressividade e ataque a quem ela julga ter “fraqueza”, talvez a fraqueza não seja minha, pois fraqueza é um comportamento de quem não tem capacidade para resolver determinadas situações e prefere partir para ataques pessoais e descabidos, tentando assim transferir para outros responsabilidades que são exclusivamente suas. Porém, jamais vou fazer esse tipo de julgamento para com a prefeita, pois minha educação e caráter me fazem respeitar a todos de forma incondicional.
Na nota a prefeita supostamente fala que minha decisão “agride frontalmente o projeto político...”. Bem, não fui eleito para usar a máquina pública como objeto de submissão, nem a serviço, de nenhum tipo de projeto político, fui eleito para usar o poder público em favor da população do Conde, querer usar a máquina pública para implantar projetos políticos de interesses escusos é o que se caracteriza de fato como uma agressão ao povo do Conde, e desse expediente jamais utilizarei.
A prefeita também me agride e me julga de irresponsável, por (na mente perturbada dela) “tentar transparecer à opinião pública e ao eleitorado uma suposta crise político-administrativa”.
Ora, em minha nota não fiz nenhuma referência a qualquer tipo de crise, minha nota foi simples, objetiva e dirigida aos grupos da gestão dos quais eu fazia parte, nada mais que isso. Se alguém, de forma incompetente, está criando uma crise, esse alguém não sou eu. Ainda mais, acho que a prefeita deveria tentar parar de fazer politicagem 24 horas por dia, não estamos em época de eleição pra ela tratar as pessoas como “eleitorado” o tempo todo. Quanto a “cumprir compromissos”, acho que ela não é a melhor pessoa do mundo pra tá falando disso.
Talvez na ânsia de me agredir e me denegrir a prefeita tenha produzido uma nota tão contraditória e mentirosa, que chega a ser ridícula.
Primeiro ela diz que eu me recusei “a participar diretamente das decisões políticas e administrativas mais importantes da Prefeitura”, linhas depois ela diz que “mantivemos um diálogo permanente, compatível com os laços de amizade que estabelecemos, as decisões foram discutidas e compartilhadas”.
Ora prefeita a senhora precisa definir com aqueles que escrevem suas notas se eu não participei, ou se eu participei das discussões de decisões, para não parecer que a senhora está tentando criar mais uma de suas estórias para o povo, afinal se eu nunca exerci nenhuma função executiva, como é que a senhora alega que as decisões eram discutidas e compartilhadas comigo? Coerência e honestidade nas palavras parecem não ser o seu forte.
Outro devaneio recheado de contradição é o fato de a nota dizer que “Pactuamos, ainda durante a campanha vitoriosa, que ao vice-prefeito caberia, a partir da nossa posse, orientar diretamente as ações da saúde.”.
Ora, a prefeita em seus discursos sempre deixou bem claro que nunca fez nenhum tipo de acordos ou pactos para vencer as eleições no Conde, como é que agora surge um suposto “pacto durante a campanha”?
Onde está a mentira, nos discursos de campanha, ou nessa declaração?
O fato de ser médico me credenciava naturalmente a expor minhas ideias sobre saúde, o que não significa que fizemos nenhum tipo de “pacto”, se a prefeita fez “pactos” secretos com alguém que ainda não vieram à tona, com certeza não foi comigo. Por oportuno, desde a campanha a prefeita sabe que sou médico e trabalho em outras cidades, inclusive sua equipe jurídica me defendeu em um processo de impugnação de candidatura alegando que isso não traria nenhum tipo de empecilho para minha atividade política, por que agora tentar demonizar isso?
Sempre trabalhei e trabalho muito dentro da minha profissão, não me envergonho disso, tenho vergonha é de pessoas que nunca trabalharam na vida a não ser ocupando cargos de confiança na máquina pública.
Será que sou eu que tenho “incapacidade de rejeitar as práticas de um passado que o Conde precisa superar”?
Fui eu que tentei proteger um ex-presidente da câmara que renunciou ao cargo por acusações de corrupção e atuei para eleger um outro ex-presidente que todo seu grupo acusava de “membro de gangue” em seus discursos?
Ou será que a tal “incapacidade de rejeitar as práticas de um passado que o Conde precisa superar” seria distribuir “vagas da educação” para vereadores como ficou claro em um áudio vazado de grupo de whatsApp?
Ou ainda, “incapacidade de rejeitar as práticas de um passado que o Conde precisa superar” seria reduzir e fechar serviços de saúde da população em nome de uma necessidade financeira, enquanto gabinetes são inchados com alguns assessores que se quer pisam na cidade para receber dos cofres públicos, mas que são mantidos como se fosse uma demonstração de submissão à políticos?
Pois é, apenas em alguns exemplos fica claro que quem é incapaz de rejeitar práticas políticas atrasadas e desonestas, com absoluta certeza, não sou eu.
Do mesmo modo, não pode ser atribuído a mim o hábito de acreditar “na política enquanto processo de acomodação de interesses”, pois quem é o gestor, quem aplica suas práticas, desejos e vontades usando a máquina pública não sou eu.
Acho que o despreparo e incompetência fazem a prefeita esquecer que o “poder da caneta” para acomodar interesses não é meu, então, de sua prática jamais posso ser acusado.
Quanto às declarações sobre a nomeação de minha esposa como adjunta, depois como secretária, novamente como adjunta e a nomeação de uma advogada de São Paulo, mais uma vez a prefeita tenta criar uma história fantasiosa e falaciosa para tentar me denegrir e esconder sua incompetência em nomear pessoas capazes para gerir a saúde da cidade, tendo usado minha esposa como um tapa buracos durante um período, pois a esposa de seu secretário de comunicação foi nomeada, e após mais de um mês dando cabeçadas na secretaria, teve sua nomeação estranhamente cancelada, o diário oficial do município não me deixa mentir.
Enquanto isso, colocava-se em prática sua política de cortes, reduções e sucateamento dos serviços de saúde para a população. E isso eu jamais vou aceitar para o meu povo.
Desde ontem me pergunto o porquê de uma nota com tanto ódio, tanta agressividade, tanto despreparo para a coisa pública e tantas falácias emitida supostamente pela prefeita.
Na nota que emiti na quarta-feira última eu apenas disse que me sentia decepcionado e por isso estava me afastando, desejei boa sorte a todos e deixei claro o respeito que tenho por todos, da forma como aprendi com meu pai. Nada mais que isso.
Será que se afastar, pensar diferente e não coadunar com submissões e mentiras são atitudes tão graves que mereçam tamanha agressividade da prefeita?
Onde estão o respeito à democracia e ao contraditório?
Até a última terça-feira eu era elogiado e exaltado pela prefeita e por toda sua trupe, não entendo essa mudança de opinião tão rápida e odiosa apenas pelo fato de eu ter dito que estava me afastando de uma função que a própria prefeita diz que eu nunca exerci.
Para concluir, tudo o que desejo, novamente, é uma boa sorte a prefeita pra tentar mudar o que já começou de forma lamentável, pedir a ela que tente agir com inteligência e respeito ao o povo do Conde, que desarme seu palanque e tire do seu coração tanto ódio e agressividade, nossa cidade não merece isso, e finalmente dizer aos meus irmãos do Conde que contem comigo sempre, como sempre foi e como sempre será.
Jacumã/Conde-PB, 06 de outubro de 2017.
Dr. Temístocles Ribeiro Filho - Vice-prefeito eleito pelo povo.    

Da Redação com assessoria do Vice prefeito.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Cesare Battisti é preso pela PF no Mato Grosso do Sul

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos de sua autoria cometidos nos anos 1970, quando era membro do Partido Proletários Armados para o Comunismo


Em 2004, Battisti fugiu de seu país e, três anos depois, foi preso no Brasil (Foto: Veja)
O italiano Cesare Battisti foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quarta-feira na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, enquanto estaria tentando atravessar a fronteira do Brasil com a Bolívia.
Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos de sua autoria cometidos nos anos 1970, quando era membro do Partido Proletários Armados para o Comunismo, grupo ligado à extrema esquerda.
Em 2004, o italiano fugiu de seu país e, três anos depois, foi preso no Brasil. Na ocasião, a Itália pediu a sua extradição, e em 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou sua extradição, na época negada pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 Da Redação com Veja

STF decide que Lei da Ficha Limpa pode ter validade retroativa

Lei foi criada em 2010

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu no início da tarde desta quarta-feira (4) que a Lei da Ficha Limpa, criada em 2010, pode retroagir para condenados antes de a lei ter sido criada. Os ministros decidiram a questão por sete votos favoráveis contra três.
O julgamento teve início em 2015 e foi retomado na semana passada. Os ministros Ricardo Lewandowski, que era relator da ação, e Gilmar Mendes já tinham votado contra a possibilidade da regra qure prevê inelegibilidade de oito anos valer em condenações anteriores a 2010, quando a regra era de apenas três anos de inelegibilidade.
Os ministros analisavam recurso apresentado pelo vereador de Nova Soure (BA) Dilermando Soares, que foi condenado por abuso de poder econômico e compra de votos em 2004. Ele ficou inelegível por três anos, como era a regra àquela época. Quando a lei da Ficha Limpa entrou em vigor, ele teve seu registro de candidatura negado em 2012, quando ficou inelegível por três anos, conforme a regra vigente à época. Após a Ficha Limpa, entretanto, ele teve seu registro negado nas eleições de 2012.
Na retomada do julgamento, na quinta-feira da semana passada (28.set), o ministro Luiz Fux abriu divergência e foi acompanhado por Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Rosa Weber, Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello. A ministra Cármen Lúcia, que preside a Corte, não é obrigada a votar, a menos em casos de empates.
Gilmar Mendes, após a decisão da Corte, pediu para complementar seu voto e voltou a criticar a lei, afirmando que “a lei foi escrita em língua próxima do português, mas mal escrita”. Em agosto do ano passado, Gilmar afirmou que a lei parecia ter sido “feita por bêbados”.

Da Redação com Assessoria

Menino achado em cela de presídio e mais três irmãos são transferidos para abrigo

Juíza que determinou transferência disse que os pais do adolescente de 12 anos serão citados e poderão se defender, mas até lá, os filhos ficarão acolhidos


O preso com quem ele passou a noite já responde por estupro e seria "compradre" do pai do adolescente (Foto: Reprodução/G1)
O garoto de 12 anos achado em uma cela da Colônia Agrícola Major César Oliveira, em Altos, 30 km de Teresina, foi transferido com os três irmãos para um abrigo de crianças e adolescentes nesta quarta-feira (4). Segundo a juíza da Vara da Infância e da Adolescência, Maria Luiza de Moura, que determinou a transferência, a situação do menino e dos três irmãos é de extrema vulnerabilidade.
"Determinamos essa medida protetiva de acolhimento porque só de ele ter dormido no presídio com uma pessoa que responde por estupro, já é algo gravíssimo. A família ainda vai ser citada para se defender, mas até lá eles vão ser mantidos em um abrigo, porque a situação é de risco, de vulnerabilidade extrema", informou a juíza.
O pedido de transferência dos irmãos de 8, 9, 12 e 13 anos foi feito pelo Conselho Tutelar. Segundo o promotor de justiça Paulo Rubens, o cumprimento da determinação foi feito ainda na manhã desta quarta-feira.
O garoto foi achado dormindo em uma das celas do presídio no último sábado (30), por agentes penitenciários que perceberam uma movimentação suspeita no prédio. A polícia civil investiga o caso e, inicialmente, os pais do menino podem responder por abandono de incapaz e constrangimento do garoto, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).A polícia ainda apura se o menino foi vítima de estupro de vulnerável, mas em depoimento incial, ele negou qualquer abuso.
O preso com quem ele passou a noite já responde por estupro e seria "compradre" do pai do adolescente, que também já cumpriu pena por estupro no mesmo presídio. À polícia, o menino revelou inclusive que quando o pai estava preso, dormiu pela primeira vez na penitenciária, com a família.
O delegado do caso, Jarbas Lima, destacou que os depoimentos dos pais e do menino estão divergindo. Enquanto o garoto e a mãe dizem que o pai insistiu para que ele ficasse, o pai disse que foi o menino que pediu para não ir embora.

 Da Redação com G1

Homem é assassinado a tiros durante caminhada com cachorro em João Pessoa

Leôncio Pereira da Silva, de 48 anos, trabalhava como ferreiro e foi baleado na rua

 Um homem foi assassinado a tiros enquanto caminhava com o cachorro de estimação, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. O fato aconteceu por volta das 5h desta quarta-feira (4).
 Leôncio Pereira da Silva, de 48 anos, trabalhava como ferreiro e foi baleado na rua. O crime foi no Beco de Zé Borges, comunidade do bairro de Mandacaru. O autor e o motivo do assassinato não foram identificados.
 Em 2012, a vítima já tinha sido alvo de uma tentativa de homicídio, no mesmo local onde, hoje, caiu baleado e morreu.
 A equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) chegou às 7h18 para realizar a perícia e fazer a remoção do corpo do local. A mulher da vítima disse não saber o motivo do homicídio.

Da Redação com WSCOM

terça-feira, 3 de outubro de 2017

João Pessoa é a quarta capital do Brasil com mais mortes por arma de fogo

Dados fazem parte do Mapa da Violência. No ranking nacional, o município do Conde ocupa a quarta posição

João Pessoa
João Pessoa
Era noite de 24 de abril quando a bacharel em direito Érica Vanessa de Lima foi baleada no rosto pelo próprio namorado, no bairro do Bessa, em João Pessoa. Onze dias depois, Érica, que havia saído de casa andando mesmo após o ocorrido, morreu. Do outro lado da cidade, no bairro dos Bancários, no dia 7 de outubro, a vítima de uma arma de fogo foi o jovem Higor Natan, de 21 anos, que reagiu a um assalto e foi assassinado com quatro tiros. Os dois casos aconteceram no ano de 2014, período em que o Mapa da Violência 2016 coloca a capital paraibana como a quarta mais violenta do Brasil por homicídios cometidos por arma de fogo.

Conforme o estudo, em 2014, João Pessoa tinha mais de 780 mil habitantes e registrou uma taxa de homicídios por arma de fogo de 60,2 para cada 100 mil habitantes.

A Capital perde apenas para São Luís, com taxa de 67,5 mortes por arma de fogo; Maceió, com taxa de 73,7; e Fortaleza, com taxa de 81,5 mortes por arma de fogo para cada 100 habitantes.

Dados nacionais

Com relação aos dados nacionais, referentes ao período entre 2012 e 2014, o município de Conde, na Grande João Pessoa, é o quarto mais violento do Brasil em número de mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes.

Conforme o estudo, Conde possui 22.941 habitantes e tem uma taxa média de mortes por arma de fogo em 94,4 para cada 100 mil habitantes.

O município só perde para Satuba-AL, com 14.666 habitantes e uma taxa média de mortes por arma de fogo de 95,5; Murici-AL, com 27.796 habitantes e uma taxa média mortes por arma de fogo de 100,7; e Mata de São João-BA, com 43.753 habitantes, com taxa média de mortes de 102,9.

Também na Grande João Pessoa, Santa Rita aparece na 16ª posição no ranking nacional, com 129.597 habitantes e uma taxa média de 80 mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes.
PB é o sexto em ranking dos estados
Também conforme os dados do Mapa da Violência, a Paraíba saltou da 16ª posição no ranking em 2000, onde registrou 11,5 mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes, para a 6ª colocação em 2014, quando registrou 31,9 mortes para cada 100 mil habitantes.
A Paraíba só perde para os estados do Espírito Santos, com taxa de 35,1; Rio Grande do Norte, 38,9; Sergipe, 41,2; Ceará, 42,9; e Alagoas, 56,1.
O Portal  entrou em contato com o secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, para que ele comentasse sobre os dados, mas o secretário afirmou que não havia tido oportunidade para ler o relatório e que por isso não tinha como opinar sobre o assunto.

Da Redação com  O Portal Correio

Homem é preso em JP por ataque a banco em Alagoa Nova; carro é apreendido

Suspeito estava armado confessou que iria sequestrar o gerente de um banco

Créditos: Felipe Valentim/TV Paraíba
 A Polícia Militar localizou um carro que pode ter sido utilizado no ataque a um banco, no município de Alagoa Nova, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (3).
 O veículo, que foi roubado em Campina Grande ainda na segunda-feira, foi encontrado em João Pessoa e, na ação, um homem foi preso, uma arma de fogo apreendida e um outro carro com restrição de roubo foi recuperado.
 A partir de informações repassadas ao Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) informando que uma Saveiro vermelha que teria sido utilizada no ataque ao banco em Alagoa Nova estava no bairro de Jaguaribe, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) diligenciaram e encontraram o veículo nas proximidades da avenida Vasco da Gama. No momento, outra caminhoneta Hilux, da cor branca, que tinha também restrição de roubo estava na localidade e fugiu da abordagem da PM.
 Após perseguição, a Hilux perdeu o controle e colidiu com um muro de uma residência, nas proximidades de uma escola pública. Com o motorista foi encontrado um revólver calibre 32. O carro havia sido roubado em Pernambuco e o homem de 18 anos detido era também daquele estado. O motorista da Saveiro não foi localizado, mas foi constatado que o carro havia sido roubado de Campina Grande por volta das 23h30 de segunda-feira (2).
 Segundo os policiais envolvidos na ação, o suspeito que estava armado confessou que iria sequestrar o gerente de um banco.
 
Da Redação com WSCOM

Aeronáutica libera operações de pousos e decolagens no Aeroclube da Paraíba

O órgão havia proibido as operações no local no último sábado, mas enviou comunicado com nova decisão para o Aeroclube nesta segunda-feira


O Aeroclube da Paraíba precisava apresentar documentação referente ao projeto de rezoneamento do local até o dia 26 (Foto: Walla Santos)
A Aeronáutica liberou as operações de decolagem e pouso no Aeroclube da Paraíba, em João Pessoa. O órgão havia proibido as operações no local no último sábado (30), mas enviou comunicado com nova decisão para o Aeroclube nesta segunda-feira (02).
Segundo o presidente do Aeroclube, Clóvis Sobrinho, aconteceu um problema de comunicação. O Aeroclube da Paraíba precisava apresentar documentação referente ao projeto de rezoneamento do local até o dia 26.
Porém, havia solicitado prorrogação de prazo. Sem conseguir notificação sobre resposta da solicitação, os dirigentes acreditaram que haviam conseguido sua dilatação.
Clóvis ainda adiantou ao Portal Correio que entregou parte da documentação solicitada nesta segunda-feira (02) e o restante deve ser repassado nos próximos 15 dias. O projeto de rezoneamento do Aeroclube estabelece os parâmetros de segurança a serem adotados no local e deverá indicar os tipos de aeronave que podem ou não pousar e decolar lá.

Da Redação com Click PB

Funcionários são feitos reféns e bandidos roubam R$ 30 mil em agência do Sicoob

Vigilante foi o primeiro a ser rendido e teve um revólver calibre 38 roubado pelos suspeitos

Sicoob (imagem ilustrativa)
Sicoob (imagem ilustrativa)
Dois homens armados roubaram R$ 30 mil de uma agência do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) situada no Centro de Campina Grande, no início da tarde dessa segunda-feira (2).

Segundo a Polícia Militar, os bandidos chegaram a pé à agência, que fica na Rua João Tavares. O vigilante foi o primeiro a ser rendido e teve um revólver calibre 38 roubado pela dupla. Depois, os assaltantes abordaram outros funcionários e pegaram a quantia. Antes de fugirem, os bandidos trancaram todas as vítimas na associação.
Ainda conforme registro feito pela PM, a dupla teria fugido em direção à Praça da Bandeira. Até a manhã desta terça-feira (3), nenhum suspeito tinha sido localizado.
Prejuízo na zona rural
No Sítio Lucas, Zona Rural de Campina Grande, um homem denunciou que teve R$ 8 mil roubados. Ele disse que caminhava com direção a sua casa, durante a noite, quando foi abordado por três homens. A vítima não soube informar as características físicas dos ladrões. Rondas foram feitas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

Da Redação com  Correio

Farra das Diárias na Câmara de João Pessoa

Câmara de João Pessoa 'torra' quase R$ 150 mil com diárias e passagens até agosto, revela fonte

Somente com diárias, vereadores e funcionários da Câmara gastaram R$ 90 mil em apenas cinco meses, entre abril e agosto, e mais R$ 41 mil foram destinados a passagens aéreas

O Portal ClickPB também procurou a Câmara Municipal para esclarecer o fato, por meio da assessoria de imprensa, mas as ligações não foram atendidas (Foto: Walla Santos)
A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) gastou somente até o mês de agosto quase R$ 150 mil em diárias e viagens. Uma fonte revelou ao Portal ClickPB que esse valor ainda pode aumentar, já que a Câmara ainda não encaminhou os dados ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba sobre os gastos feitos em setembro, mês em que os vereadores intensificaram os gastos com passagens aéreas.
Só com diárias, os vereadores e funcionários da Câmara ‘torraram’ R$ 90.025,70 em apenas cinco meses. Os gastos começaram a partir de abril, conforme registro no sistema Sagres do TCE. Já com passagens e despesas de locomoção, os gastos somam R$ 41.897,16, a partir do mês de fevereiro até agosto.
A Câmara ainda não alimentou o Portal da Transparência do órgão com os dados do mês de setembro, nem enviou os dados ainda para o TCE-PB disponibilizar no Sagres.
O Portal ClickPB também procurou a Câmara Municipal para esclarecer o fato, por meio da assessoria de imprensa, mas as ligações não foram atendidas.
O ClickPB ainda aguarda retorno da Câmara Municipal para prestar esclarecimentos sobre as despesas com as viagens e diárias pagas aos vereadores e servidores da Casa de Napoleão Laureano.
 
 
Da Redação com o Click PB

Cantor Tom Petty morre aos 66 anos

Cantor Tom Petty morre aos 66 anos
  Tom Petty, cantor americano de 66 anos, morreu nesta segunda-feira (2), após sofrer um ataque cardíaco no dia anterior, informou o site oficial do cantor, em nota do porta-voz da família e empresário do músico, Tony Dimitriades.

O representante confirmou que Petty morreu rodeado de amigos, familiares e companheiros da sua famosa banda The Heartbreakers por volta das 20h40 no horário local (0h40 desta terça-feira (3), no horário de Brasília).

O site TMZ informou que o músico estava inconsciente e sem respirar quando foi atendido, na noite do último domingo (1º), em sua residência em Malibu, na Califórnia. Os serviços de emergência foram capazes de recuperar a pulsação e o levaram para o Hospital Santa Monica.

Ainda segundo o TMZ, após Petty perder atividade cerebral a família pediu aos médicos para não tentarem procedimentos que o mantivesse vivo artificialmente (uma ordem chamada em inglês de "do not ressucitate", ou "não ressucitar").

Por volta das 17h desta segunda-feira (2), a CBS, rede de TV dos EUA, chegou a publicar que Tom Petty havia morrido, com base em informação da Polícia de Los Angeles, que mais tarde, se retratou e disse que havia informado incorretamente à imprensa.

80 milhões de discos

Tom Petty tinha desde 1976 uma das carreiras mais bem sucedidas do rock norte-americano. Entre suas músicas mais conhecidas estão "American Girl", "Free fallin", "Stop draggin' my heart around", "Listen to hear heart" e "Mary Jane's last dance".

Ele vendeu ao todo mais de 80 milhões de discos. Foram 13 álbuns de estúdio com os Heartbreakers, três solo, dois com os Traveling Willburys e dois com a banda Mudcrutch.

Seu primeiro grande sucesso nos EUA foi "Breakdown", do disco de estreia com os Heartbreakers, de 1976. Entre inúmeras indicações, ele ganhou o Grammy três vezes: uma com os Traveling Wilburys, uma pela performance solo e outra com os Heartbreakers.

Ele também fez parte no final dos anos 80 da superbanda Traveling Wilburys, com Roy Orbison, Bob Dylan, George Harrison e Jeff Lyne. Eles lançaram dois álbuns, incluindo a música "Handle with Care". Roy Orbison morreu após a gravação do primeiro disco, de 1988.

Hall da Fama do Rock

Em 2002, Tom Petty entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll nos EUA. Ele foi homenageado em 2005 no Billboard Music Awards com o prêmio honorário de um dos "Artistas do Século".

Ele estava terminando uma grande turnê que comemorou 40 anos de carreira. O último show foi no dia 25 de setembro na Califórnia. Ainda havia duas datas marcadas nos dias 8 e 9 de novembro em Nova York.

Apesar das quatro décadas de carreira com os Heartbreakers e das várias turnês mundiais, ele nunca tocou no Brasil.

Ele também teve uma breve incursão pelo cinema, e participou como ator dos filmes "Paixão eterna", em 1987 e de "O Mensageiro", com Kevin Costner, em 1997.

'Última turnê'


Ele disse à revista "Rolling Stone" em dezembro de 2016 que esta seria provavelmente sua última grande turnê com os Heartbreakers. "É muito provável que continuemos tocando, mas fazer 50 shows em uma turnê? Acho que não", afirmou.

Em uma autobiografia lançada em 2015, Tom Petty admitiu ter sido usuário de heroína durante os anos 1990. "Você começa a perder sua alma", escreveu. "Eu não queria ser escravizado por nada", disse sobre o esforço de parar de usar heroína.

Leia nota publicada no site do cantor

‘Em nome da família Tom Petty, estamos devastados por anunciar a morte prematura de nosso pai, marido, irmão, líder e amigo Tom Petty. Ele sofreu parada cardíaca em sua casa em Malibu nas primeiras horas desta manhã (domingo) e foi levado ao Centro Médico da UCLA, mas não pôde ser revivido. Ele morreu pacificamente às 8:40 PM PST cercado por familiares, seus companheiros de banda e amigos’. Tony Dimitriades, gerente de longa data de Tom Petty & The Heartbreakers, em nome da família

Da Redação com G1

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Ex-prefeita de Conde comparece ao GOE, mas permanece em silêncio durante interrogatório

Tatiana Corrêa foi convocada pelo delegado Allan Terruel para esclarecer denúncias de lavagem de dinheiro por meio da comercialização de um imóvel


Tatiana Corrêa, ex-prefeita de Conde, é investigada por suspeita de lavagem de dinheiro (Foto: Reprodução)
A ex-prefeita de Conde, Tatiana Corrêa, compareceu na manhã desta terça-feira (26) na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE) para prestar depoimento, mas preferiu se calar diante das perguntas. Ela foi convocada pelo delegado Allan Terruel para esclarecer denúncias de lavagem de dinheiro por meio da comercialização de um imóvel.

Terruel esclareceu que a ex-prefeita foi indagada sobre todos os aspectos da investigação e especialmente sobre a compra do imóvel que teria sido realizada com o nome da ex-secretária de Finanças Andrea Soares. “Em nenhum momento ela esclareceu ou explicou quais foram as circunstâncias ou algum tipo de versão diferente. Ela se reservou no direito de ficar calada, que é um direito constitucional de quem é interrogado”, afirmou o delegado.
Tatiana compareceu ao GOE acompanhada por três advogados, que também não se pronunciaram sobre as perguntas feitas pelo delegado.

O delegado Allan Terruel afirmou ainda que o silêncio de Tatiana não compromete as investigações. Segundo ele, existe o depoimento da ex-secretária de Finanças e das próprias pessoas que compraram o imóvel citado. Segundo ele, os compradores “são categóricas em afirmar que compraram o imóvel sabendo que pertencia a Tatiana”.
A partir da agora, Terruel adiantou que pretende se reunir com o coordenador do GAECO, Otávio Paulo Neto. Ele pretende “verificar se existe algum tipo de diligência ou se algum tipo de outra diligência poderá ser providenciada e nós partimos então para a apresentação do relatório final e se abre a possibilidade de denúncia”.

Da Redação com Click PB

Cantor 'Aldair Playboy' é detido com revólver em João Pessoa, diz Polícia Militar

Segundo polícia, cantor afirmou que usava revólver calibre 38 para a própria segurança. Cantor paraibano Aldair Playboy foi preso por porte ilegal de arma em João Pessoa (Foto: Reprodução/Instagram/aldairplayboy_)Cantor paraibano Aldair Playboy foi preso por porte ilegal de arma em João Pessoa (Foto: Reprodução/Instagram/aldairplayboy_)

O cantor Aldair Brito da Silva, conhecido popularmente como Aldair Playboy, foi preso na madrugada desta terça-feira (26) na comunidade Boa Esperança, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. De acordo com informações do Regimento de Polícia Montada (RPMont) da Polícia Militar, o cantor foi flagrado portando ilegalmente um revólver calibre 38 durante a abordagem da polícia. O artista foi liberado após pagamento de fiança, segundo a polícia.
O G1 entrou em contato com a produtora de Aldair Playboy. A produtora do cantor informou que a prisão não procedia e que o cantor estava em Natal, no Rio Grande do Norte, para fazer show. O G1 também entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Defesa Social e Segurança da Paraíba (Seds). A assessoria informou que deve dar uma resposta sobre o caso nesta terça-feira (26).
Revólver calibre 38, cromado, com três munições foi encontrado na cintura de Aldair Playboy, diz PM (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba ) Revólver calibre 38, cromado, com três munições foi encontrado na cintura de Aldair Playboy, diz PM (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )Revólver calibre 38, cromado, com três munições foi encontrado na cintura de Aldair Playboy, diz PM (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )
Ainda de acordo com a Polícia Militar, a equipe do RPMont foi atender um chamado de perturbação do sossego na comunidade. Ao chegar ao local, os policiais se depararam com várias pessoas bebendo e com o volume do som do carro acima do permitido para o horário. Foi justamente nesta abordagem que a polícia encontrou o revólver na posse do cantor.
O revólver com três munições intactas e o cantor foram conduzidos para Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa. O cantor foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. O aspirante Vanderson, do RPMont da Polícia Militar, disse que, durante a abordagem, o cantor explicou que usava a arma para segurança própria, tendo em vista que tinha dinheiro e frequentava comunidades, fazendo com que fosse um possível alvo dos assaltantes.~ Carro do cantor foi achado com som alto na comunidade Boa Esperança, em João Pessoa (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )Carro do cantor foi achado com som alto na comunidade Boa Esperança, em João Pessoa (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )
“Na ocorrência, achamos estranho o fato de uma Range Rover [Evoque] estar parada na comunidade, com o som alto. Foi quando realizamos a abordagem e revistamos todos, incluindo as mulheres do local, porque tínhamos uma policial na equipe. Foi nessa revista que encontramos o revólver na cintura do Aldair Playboy”, relatou o policial que participou da ação.
Por não ter antecedentes criminais, o delegado do caso estabeleceu fiança e o cantor foi liberado após pagamento, ainda de acordo com o PM. “O cantor chegou a comentar conosco que havia pedido o porte de arma, mas agora diante dessa apreensão da arma, pelo fato de ter optado pelas vias ilegais, ele deve ter essa solicitação prejudicada”, completou o aspirante Vanderson.
Aldair Playboy (Foto: Divulgação)
kjp´´pguilgiulfjk
                                                  Aldair Playboy (Foto: Divulgação)
Cantor Aldair Playboy
Aldair Playboy é natural de João Pessoa. O cantor é conhecido por músicas no estilo "batidão" e faz vários shows no Nordeste. Os vídeos no canal do cantor oficial de Aldair Playboy no YouTube alcançaram mais de 13 milhões de visualizações, a página oficial no Facebook conta com mais de 123 mil curtidas e a conta do Instagram tem 246 mil seguidores.

Da Redação com G1PB

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Polícia Militar capacita 27 policiais para motopatrulhamento no Cariri

A conclusão do Estágio aconteceu na manhã do último sábado, em Monteiro, e foi prestigiada por autoridades militares e civis


Ao fim da solenidade, militares das Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam) realizaram uma abordagem padronizada (Foto: Walla Santos)
Vinte e sete policiais militares concluíram, neste sábado (23), a capacitação e treinamento no Estágio Operacional com Apoio de Motocicletas (Eotam), realizado no 11º Batalhão, no município de Monteiro, e na região do Cariri Ocidental no estado. Após 15 dias de duração e 96 horas-aula, os policiais foram qualificados para as atividades de motopatrulhamento em áreas de difícil acesso, utilização em vias de grande congestionamento, entre outras.
A conclusão do Estágio aconteceu na manhã do último sábado, em Monteiro, e foi prestigiada por autoridades militares e civis. Alunos que participaram do Eotam e policiais foram homenageados na ocasião. Ao fim da solenidade, militares das Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam) realizaram uma abordagem padronizada pela doutrina e executaram ainda apresentação de motocicleta em freestyle.
CAPACITAÇÃO NO SERTÃO - O motopatrulhamento permite maior rapidez, economia e agilidade nas ações de policiamento ostensivo e nas vias urbanas. No último mês de agosto, no Sertão, cerca de 40 policiais das cidades de Sousa, Patos, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Itaporanga, Princesa Isabel, realizaram o estágio no 14º Batalhão, em Sousa.

Da Redação com Click PB

Petrobras anuncia redução de até 0,4% nos preços da gasolina e do diesel

Reajuste foi anunciado pela Petrobras e vale a partir desta terça
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa
Os preços da gasolina e do diesel nas refinarias serão reduzidos em 0,3% e 0,4%, respectivamente, a partir desta terça-feira (26). O reajuste foi anunciado nesta segunda (25) pela Petrobras.

A atual política de preços da estatal permite reajustes nos preços dos combustíveis a qualquer momento, até diariamente, desde que a variação acumulada por produto esteja dentro da faixa de -7% a +7%.

No último dia 23, o diesel e a gasolina haviam subido 0,6% e 0,2% nas refinarias, respectivamente.

O impacto do reajuste no preço final ao consumidor depende de outros fatores da cadeia de combustíveis, principalmente distribuidoras e postos revendedores.

 Da Redação com Agência Brasil

Olenka ocupa cargo na gestão Cartaxo por indicação do PMDB

A secretária de Trabalho, Emprego e Renda da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Olenka Maranhão (PMDB), desconversou sobre uma possível aliança entre PMDB e PSD para o ano que vem. Olenka não escondeu, no entanto, o seu “DNA” peemedebista, se dizendo disposta a apoiar o senador José Maranhão em caso de candidatura ao Governo do Estado.
“Logicamente [que irá apoiar]. Eu tenho uma filiação partidária, eu tenho uma identidade muito pontuada pelas questões do PMDB. Então fui indicada pelo partido, busco contribuir com a administração do prefeito Luciano Cartaxo com a máxima responsabilidade possível, mas eu sou uma militante do PMDB”, comentou.
Sobre a composição de chapa, Olenka garantiu estar focada em seu trabalho como gestora pública e reiterou que apenas ano que vem tal assunto será melhor apreciado por ela. A secretária negou ainda insatisfação com o tratamento do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD).

Da Redação com WSCOM

Homem é preso ao comprar em feira com notas falsas de R$ 10, na Paraíba

No total, foram apreendidas 24 notas de R$ 10

 Um homem de 36 anos de idade e que reside na cidade de São Pedro, no Rio Grande do Norte, foi preso por policiais da 3ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) nesta segunda-feira (25), em Belém, tentando comprar na feira livre da cidade com cédulas falsas. No total, foram apreendidas 24 notas de R$ 10, algumas que estavam com o acusado e outras sobre o telhado de uma residência, onde ele teria jogado durante a tentativa de fuga.
 As guarnições tomaram conhecimento de que um homem estaria comprando na feira livre e pagando com notas falsas. De posse das características do acusado, os policiais deram início às diligências e logo o Sgt Dinarte e o Cb André localizaram o homem, que ainda tentou fugir, mas foi alcançado depois de pular o muro de uma residência. O acusado e as cédulas apreendidas, assim como uma das vítimas, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.
 As guarnições responsáveis pela prisão são formadas pelo Sgt Dinarte, Cb Neilson, Sd Carlos e Sd Amarante, que deram apoio ao Cb André e Cb Anderson, que realizavam o policiamento na feira e contaram ainda com os apoios do Cap Leite, comandante da Companhia, e Sd Wallace.

Da Redação com WSCOM

TRF 5 derruba liminar que determinava retorno do racionamento em Campina e mais 18 cidades

“Significa dizer que não haverá mais a necessidade de desligamento das bombas”, disse o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro


O governador Ricardo Coutinho suspendeu o racionamento no dia 25 de agosto (Foto: Reprodução/arquivo)
O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, Manoel de Oliveira Erhardt, concedeu liminar, na tarde desta quinta-feira (25), no recurso interposto pelo Governo do Estado suspendendo os efeitos da decisão do juiz federal Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara Federal, que determinou o retorno do racionamento em Campina Grande e mais 18 cidades. Com isso, o Governo do Estado segue com o abastecimento normal, sem o sistema de racionamento, na região.
“Significa dizer que não haverá mais a necessidade de desligamento das bombas”, disse o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro.

Ele explicou que a decisão do juiz federal de Campina Grande ainda não havia sido efetivada porque o Governo do Estado estava aguardando a precessão do recurso no TRF 5, para decidir se haveria o desligamento das bombas ou não. “O nosso prazo era amanhã. Considerando que a decisão saiu hoje, agora à tarde, então não haverá mais necessidade de desligar as bombas e o fornecimento de água em Campina Grande e em toda a região, as demais 18 cidades, continuará sendo fornecida sem interrupção”, disse o procurador-geral.
O governador Ricardo Coutinho suspendeu o racionamento no dia 25 de agosto.
No dia 19 de setembro, no entanto, o juiz federal Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara Federal, determinou o retorno do racionamento em Campina Grande e em mais 18 cidades. Na decisão, o magistrado determina a retomada das medidas restritivas de uso de água adotadas até julho de 2017. A ação foi movida pelo Ministério Público Federal, em 1º de setembro.
Na sentença, o juiz também manda suspender a autorização para uso agrícola das águas do reservatório Epitácio Pessoa, determinando a sua destinação apenas para o consumo humano e dessedentação de animais.
A determinação do magistrado era uma medida "preventiva" e de "preservação do manancial", porque, para o juiz, há risco relevante de interrupção do fornecimento de água do projeto de transposição do rio São Francisco ao açude Epitácio Pessoa.
O governador Ricardo Coutinho, comemorou a decisão do TRF 5, por meio de suas redes sociais.

 Da Redação com TRF 5

Preço do botijão de gás terá reajuste de 6,9% a partir desta terça-feira

Se a elevação for repassada integralmente aos preços ao consumidor, o preço do botijão de GLP P-13 pode ter alta, em média, de 2,6% ou cerca de R$ 1,55 por botijão.


Conforme a estatal, o reajuste segue a variação de preços do mercado internacional (Foto: Ilustração)
O Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras decidiu reajustar em 6,9%, em média, os preços no mercado do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial vendido em botijões de até 13 kg (GLP P-13). A alta entra em vigor a zero hora desta terça-feira (26) e se restringe a este produto.
Segundo a companhia, o ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos. Pela estimativa da Petrobras, se a elevação for repassada integralmente aos preços ao consumidor, o preço do botijão de GLP P-13 pode ter alta, em média, de 2,6% ou cerca de R$ 1,55 por botijão.
A empresa destacou que o cálculo se confirmará se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.
De acordo com a Petrobras, para definir a correção, o Gemp considerou que o mercado de GLP ao longo do mês de agosto permaneceu pressionado por baixos estoques e que a proximidade do inverno no hemisfério Norte aumenta a demanda pelo produto, por isso, o ajuste era necessário.
Conforme a estatal, o reajuste segue a variação de preços do mercado internacional registrada em agosto conforme política já anunciada pela companhia.

Da Redação com Agência Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...