sexta-feira, 23 de junho de 2017

Arraiá Geni Rufino foi um sucesso na estréia do São João 2017 na cidade de Conde

Na tarde desta quinta-feira(22), a escola do  Ademário Régis comemorou o  seu 1º Arraiá Geni Rufino, com a presença do Blogueiro da TV Conde Mário Luiz Carioca.
"Teve arraiá, sim senhô, e tava bom demais, sô!" No mês de junho, todos viram caipiras, pelo menos por um dia, e tiram a camisa xadrez e o chapéu de palha do armário. Este ano não foi diferente:  Pais de alunos, estudantes e educadores entraram no clima, arredaram as classes e comemoraram São João com grande estilo.
O arrasta pé começou no Arraiá da escola, com o tão esperado casamento caipira. Logo após, a tradicional quadrilha fez todo mundo dançar e se divertir, cantando e dançando as principais músicas juninas. Mas não parou por aí! Toda Festa Junina precisa ter uma Rainha do Milho, e foi aí que Maryanne Mel desfilou com todo seu Charme e simpatia.  Os educadores não ficaram fora dessa, e participaram dançado e ensinando as sua coreografia .
   Além das apresentações de dança promovidas pelos pequenos, a festa junina da escola ainda contou com diversas comidas típicas, barraca de pescaria, brechó para arrecadar fundos para escola, decoração com bandeirolas e balões e um trio de forró para animar todos os convidados.
 Segundo os pais de alunos, o "arraiá" estava bom demais!   
                 


  Rainha do Milho do Arraiá Geni Rufino



Muita expectativa e ansiedade no momento da divulgação das vencedoras. Depois de uma longa espera, finalmente foi anunciada a garota que irá representar o  Arraiá da Geni Rufino no São João de Conde 2017.


 
Mel com a sua Professora Ana Maria Amélia

A pequena Maryanne Mel de 5 anos, recebeu o título de Rainha do Milho e Noeli de 9 anos, moradora do Mamonas também foi coroada,  no Arraiá Geni Rufino. As duas foram premiadas com presente , coroa e faixas num clima de muita alegria e emoção.

Mel  Com todo seu charme  esbanjou simpatia e elegância durante toda festa.
Seus pais Mário Luiz Carioca e Rafaela Soares, agradece a todos que contribuíram com a compra da rifa. “Não temos como agradecer citando nomes ou a alguém em especial, pois podemos nos esquecer de alguém e, além disso, todas as ajudas de uma forma ou de outra foram muito importantes”, agradecem.

 

 Confira fotos da Festa


Da Redação com Escola Geni Rufino
Fotos: TV Conde

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Polícia prende tio e sobrinho acusados de tráfico de drogas no Agreste Paraibano

Os dois foram conduzidos para a delegacia da cidade, onde estão a disposição da Justiça Paraibana e Pernambucana respectivamente


José Albenês Rosendo Barbosa, de 33 anos, e Alan Paulo Barbosa, de 19 anos, foram presos pela polícia (Foto: Reprodução)
Uma dupla, composta por um tio e um sobrinho, foi presa acusada de diversos crimes. O tio, suspeito de homicídios formação de quadrilha e tráfico, foi preso na tarde desta quarta-feira (21), no bairro Nova Vida na cidade de Ingá, no Agreste da Paraíba.
De acordo com a polícia, José Albenês Rosendo Barbosa, de 33 anos, foi preso por força de um mandado de prisão, expedido pela Justiça Pernambucana. Albenês, como é conhecido, é acusado de homicídio, tráfico de drogas, roubo majorado e formação de quadrilha.
A polícia realizou buscas na residência do acusado, onde foram encontrados um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. Ainda no imóvel, foi encontrada uma quantidade de maconha em um quarto pertencente ao sobrinho, identificado como Alan Paulo Barbosa, conhecido como “dez centavos”, de 19 anos, que também foi preso pelo crime de tráfico de drogas.
Os dois foram conduzidos para a delegacia da cidade, onde estão a disposição da Justiça Paraibana e Pernambucana respectivamente.

Da Redação com Click PB

PRF inicia operação e mira em motoristas bêbados; veja dicas de segurança

No ano passado, 2.664 condutores foram multados, sendo 1.192 por excesso de velocidade e 1.472 por outras infrações 
 PRF inicia operação de São João
PRF inicia operação de São João
Os motoristas que pensarem em infringir as leis de trânsito neste período de festejos juninos vão ser punidos, porque a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira (22) a ‘Operação Festas Juninas”. No ano passado, 2.664 condutores foram multados, sendo 1.192 por excesso de velocidade e 1.472 por outras infrações de trânsito. Além disso, 22 pessoas foram presas. Este ano, a operação vai até o dia 25. A ação será em todo o estado, mas em três trechos de rodovias federais o trabalho será ainda mais intenso.

Aquelas estradas com grande circulação terão uma concentração de reforços, como a rodovia BR-230, que além de absorver praticamente todo o trânsito vindo dos bairros de João Pessoa, ainda é o principal corredor de ligação entre a Capital e demais cidades do interior. Também a BR-101 que margeia o litoral e a BR-104, que dá acesso a Campina Grande, serão mais policiadas.

A PRF disse que vai priorizar ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas, motonetas e ciclomotores, acidentes estes com alto índice de letalidade.

Dicas para uma viagem segura - Para quem vai viajar neste feriado, a PRF recomenda aos motoristas que planejem sua viagem, tenham atenção, cautela, tolerância no trânsito e pratiquem a direção defensiva. Antes de pegar a estrada, fazer uma revisão preventiva no carro ou moto, examinando as condições de freio, fluídos, suspensão, pneus e estepe. Verificar também os equipamentos obrigatórios e o sistema de iluminação e não esquecer a documentação obrigatória, tanto pessoal quanto ao do veículo.

Dirigir na Chuva requer cuidados – Em caso de chuva, reduza a velocidade do seu veículo e aumente a distância em relação ao veículo que está seguindo na sua frente. Lembramos que os faróis devem estar acesos mesmo durante o dia. Nos dias de chuva esta prática é muito mais útil. Quando a chuva for muito forte, onde a visibilidade fica bastante comprometida e surge, muitas vezes, acúmulo de água, recomendamos sair da pista e procurar um lugar seguro para se abrigar. Mantenha-se dentro do carro, pois você ficará protegido de raios e quedas de fiação elétrica.

Fuja de congestionamentos – Uma boa medida para evitar congestionamentos é viajar em horários alternativos. Nos feriados, os primeiros horários da manhã e o início da tarde são sempre menos movimentados, isto é, entre 7h e 9h da manhã e entre 13h e 15h. Embora viajar à noite seja sempre menos recomendado, o horário após as 20h também é menos movimentado. Os horários mais movimentados estão entre as 17h e 19h. Caso você não possa evitar os horários de maior congestionamento, tenha paciência. Evite ultrapassagens forçadas e trafegar pelo acostamento.

A PRF disponibiliza o telefone 191 (Emergência PRF) que atende 24 horas. O serviço deve ser usado para a comunicação de acidentes, denúncia, orientação, queixa de roubo ou furto de veículos e outras informações. A ligação é gratuita.

Da Redação com Correio

Passageiro de táxi é preso pela PRF, em Mamanguape, com cocaína, maconha e LSD

Passageiro de táxi é preso pela PRF, em Mamanguape, com cocaína, maconha e LSD
Um jovem de 24 anos de idade foi preso na noite de hoje pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com cocaína, maconha e LSD. Ele era passageiro de um taxi que vinha de Natal (RN), e tinha como destino final a cidade de João Pessoa (PB). A abordagem ao veículo aconteceu na BR 101, em Mamanguape, Zona da Mata Norte do estado.

Os agentes da PRF abordaram o taxi, com placas de Santa Rita (PB), no quilômetro 38 da rodovia federal. Durante a revista foram encontrados, na bolsa de um dos passageiros, seis tabletes de cocaína, totalizando 2,6 quilos; uma trouxa com 80 gramas de maconha e cinco cartelas com 125 “pontos” de ácido lisérgico (LSD), que é uma droga sintética com alto poder alucinógeno.

Os policiais encontraram também três aparelhos celulares, um relógio e a quantia de R$ 676 reais em espécie. O suspeito, que é trabalhador autônomo e nasceu no Ceará, disse aos PRFs que adquiriu as drogas em Fortaleza (CE). De lá, embarcou em um ônibus até a cidade de Natal, onde pegou o taxi para chegar até João Pessoa.

O flagrante foi registrado na Delegacia Distrital da Polícia Civil da região. Caso seja condenada pelo crime de tráfico de drogas, ele poderá pegar uma pena que varia entre cinco e quinze anos de reclusão.

Da Redação com PRF

Jovem conhecido por 'Ralado' é morto a tiros em Várzea Nova

Fato aconteceu na localidade conhecida por Beco Cosme Damião

Um jovem foi assassinado a tiros na tarde desta quarta-feira, 21, no Beco Cosme Damião, no Distrito de Várzea Nova, em Santa Rita, na Grande João Pessoa.
De acordo com informações preliminares, a vítima conhecida pelo codinome “Ralado” foi abordada por dois elementos, que efetuaram vários disparos no jovem, que morreu no local.
Ainda não há detalhes sobre a vida pregressa de “Ralado”, nem as circunstâncias em que o crime aconteceu.

Da Redação com  WSCOM

Maranhão comemora a retomada das obras do Eixo Norte da Transposição

Maranhão comemora a retomada das obras do  Eixo Norte da Transposição
O senador José Maranhão comemorou a assinatura, nesta terça-feira, da Ordem de Serviço no Ministério da Integração Nacional para a continuação das obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco.  Maranhão afirma que o Eixo Norte é fundamental para a segurança hídrica da Paraíba. As obras estavam paralisadas desde a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região de suspender a licitação que escolheu o consórcio executor das obras. A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmem Lúcia, cassou a liminar nesta terça-feira, abrindo caminho para a continuidade da Transposição.

O senador José Maranhão tem feito gestões constantes junto ao Governo Federal e em reuniões com o ministro Helder Barbalho para que as obras sejam concluídas o mais rapidamente possível, a exemplo do que ocorreu com o Eixo Leste, que já está levando as águas do São Francisco ao Boqueirão. “Graças à atuação do Ministro Helder, que não mediu esforços para agilizar o Eixo Leste, vamos garantir o abastecimento para Campina Grande e a região de todo o Planalto da Borborema. Ainda dependemos do Eixo Norte para que as águas cheguem a outras áreas. O Estado que mais depende dessas águas é a Paraíba, porque não temos um curso d`água permanente de rio perene. Boa parte da nossa população ainda é atendida por carro-pipa”, destaca o senador.

Para ele, a retomada das obras agora do Eixo Norte traz esperanças para a Paraíba, bem como para outros estados como Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.

O senador José Maranhão ressalta que o projeto da Transposição já é uma emergência de saúde pública para os paraibanos, que enfrentam a pior seca da história recente. “A água bruta não tratada resulta em risco para a população. Precisamos urgentemente superar todas as dificuldades que atrasam as obras, especialmente as ações judiciais”, afirmou o senador, lembrando que em seus mandados como governador e senador, sempre teve como prioridade buscar soluções visando amenizar as dificuldades do paraibano com a falta d´água. “Preparamos a Paraíba para receber as águas do São Francisco”, concluiu.

Da redação com

Andrea Neves deixa presídio em MG e segue para prisão domiciliar

Irmã do senador afastado Aécio Neves estava presa desde 18 de maio, suspeita de corrupção e organização criminosa.

Irmã de Aécio Neves é liberada de penitenciária para cumprir prisão domiciliar em MG
Irmã de Aécio Neves é liberada de penitenciária para cumprir prisão domiciliar em MG
Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), deixou na madrugada desta quinta-feira (22) o Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, em Belo Horizonte, e seguiu para prisão domiciliar. As informações são do Hora 1.
Na terça-feira (20), a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu converter a prisão preventiva de Andrea Neves e Frederico Pacheco, respectivamente irmã e primo do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), em prisão domiciliar, com monitoramento com tornozeleira eletrônica.
Por 3 votos a 2, os ministros da turma estenderam a Andrea Neves e Frederico Pacheco decisão aplicada a Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG).
Andrea, Frederico e Mendherson são investigados junto com Aécio por suposta prática de corrupção, organização criminosa e embaraço às investigações. Eles já foram denunciados e estavam na cadeia desde o último dia 18 de maio.
Além do recolhimento em casa e do monitoramento eletrônico, ficarão proibidos de manter contato uns com os outros e de ausentar-se do país sem autorização judicial, devendo entregar seus respectivos passaportes.
Presa preventivamente (antes de julgamento) no dia 18 de maio no âmbito da Operação Patmos, Andrea Neves foi denunciada pela suposta prática de corrupção. Em fevereiro, ela pediu ao empresário Joesley Batista R$ 2 milhões, dinheiro que foi repassado depois em malas de dinheiro a Frederico Pacheco, primo de Aécio a quem coube transportar o dinheiro de São Paulo a Minas Gerais, entregue depois a Mendherson Souza Lima.
A defesa de Andrea diz que ela pediu o dinheiro para bancar a defesa de Aécio Neves na Lava Jato e que foi ao encontro de Joesley para tentar vender um apartamento de R$ 40 milhões no Rio de Janeiro.

Da Redação com G1

Polícia prende mais dois acusados de participação na morte no Parque do Povo



Foto: Reprodução/Internet
Mais duas pessoas foram detidas acusadas de participação na morte de um comerciário dentro do Parque do Povo no ultimo domingo.
A polícia chegou até os acusados após o depoimento de uma testemunha do crime. Foram presos Marcos Simplício, 19 anos, e Jonatas Lourenço, 21 anos.

Foto: Reprodução/Internet
As investigações trabalham com a linha de investigação que aponta quatro envolvidos no crime. Ainda resta ser detido outro suspeito.
A testemunha relatou que não conseguiu identificar qual dos acusados desferiu o golpe contra o jovem que morreu.

  Da Redação Paraiba On Line

terça-feira, 20 de junho de 2017

Laudo da PF aponta que auxiliar da PMJP ordenou pagamento indevido


Entre os vários volumes dos inquéritos que compõem a investigação sobre a suspeita de desvios milionários nas obras da prefeitura de João Pessoa, para revitalizar a Lagoa, do Parque Solon de Lucena, está um laudo da Polícia Federal que aponta que o secretário Cássio Andrade autorizou um pagamento indevido que beneficiou a empresa COMPECC, vencedora da licitação.
As irregularidades já haviam sido detectadas, mas, mesmo assim, o auxiliar do prefeito, secretário Cássio Augusto Andrade, com o beneplácito do fiscal da obra, engenheiro Eugênio Régis, , ordenou a realização de pagamentos indevidos beneficiando a empresa COMPECC.
Outro dado trazido nos inquéritos é que o superfaturamento total constante no laudo 103/2017 foi de R$ 2.214.059,75 (FEVEREIRO DE 2014), corrigindo para abril de 2017, chega a 3.227.162,15 (mais de três milhões de reais).































Já em outro ponto do inquérito há a constatação irregularidades na concorrência 06/2013, com restrição a competitividade, bem como irregularidade na obra investigada.
Pelo menos quinze empresas adquiriram o edital da licitação, porém, apenas a COMPECC compareceu à reunião para apresentação das propostas, a qual, coincidentemente, ofertou um preço idêntico ao valor que constava no orçamento feito pela PMJP.
O caso segue sob investigação, mas ainda sem explicações para as irregularidades detectadas pelos órgãos competentes. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, disse que tem interesse na transparência da investigação e dos fatos, mas ainda não explicou o porquê de tantas suspeitas de desvios rondando a obra milionária.
O paradeiro do suposto dinheiro desviado também ainda não foi explicado.

Da Redação com PB Agora

PRF apreende veículos escolares transportando turistas para festas juninas

PRF apreende veículos escolares transportando turistas para festas juninas
Uma fiscalização realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou o uso de veículos escolares para transportar turistas durante as festas juninas. A ação contou com a participação homens do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTrans) de Campina Grande. A fiscalização se fixou nos acessos a Campina Grande e Galante, na Paraíba. Na ação, além da documentação dos veículos e condições de segurança, foram realizados também testes de alcoolemia nos motoristas que levavam passageiros para o “Maior São João do Mundo”.

Os números surpreendem. Dos 63 ônibus fiscalizados entre os dias 17 e 18 deste mês, dez foram autuados pelo transporte ilegal de passageiros. Além deles, dois micro-ônibus destinados à condução de estudantes foram apreendidos por desvio de finalidade. Eles também eram usados para o transporte de turistas. Para essa modalidade, o condutor precisa comprovar formação específica. Já o veículo deve ser identificado com adesivos expedidos pelo Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), quando o transporte é interestadual, ou pela secretaria de turismo do Estado, quando as viagens acontecem entre municípios da unidade da federação.

Outro ponto que gera preocupação é que oito motoristas responsáveis pela condução de turistas tinham ingerido bebida alcoólica. Ao todo, foram realizados 30o testes de alcoolemia nos dois dias da operação. Pelo menos três Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) foram apreendidas. A origem dos veículos de transporte escolar, bem como se eles pertencem a prefeituras, não foi revelado pela Polícia Rodoviária Federal.

Balanço da operação:
Ônibus fiscalizados – 63
Ônibus autuados – 10
Micro-ônibus (escolares) autuados – 02
Testes de alcoolemia – 300
Condutores autuados por embriaguez – 08
Veículos retidos – 11
CNH recolhidas (carteiras de motorista) – 03

Da Redação com Resumo PB

Rodrigo Janot: “A sociedade brasileira está cansada, exausta”

Durante a abertura de um seminário no Conselho Nacional do Ministério Público, nessa segunda-feira, 19, em Brasília, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que “estamos em guerra contra um inimigo sem face. Não é definitivamente uma guerra contra pessoas ou contra partidos; mas, sim, contra a impunidade e a corrupção que dilapida o patrimônio do País”.
“Mas não estamos sozinhos. Contamos com o nosso brioso Judiciário, que não deixará se influenciar por pressões políticas e saberá julgar com imparcialidade, sem concessões aos poderosos de turno”, disse Janot.
Foto: Leonardo Prado/SECOM/PGR
Foto: Leonardo Prado/SECOM/PGR
Numa referência sutil e velada ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, o procurador geral afirmou que “a real preocupação” das pessoas que atacam a conduta do Ministério Público Federal e da Operação Lava Jato é, na verdade, “com a casta privilegiada da qual fazem parte”.
“Empunham – prosseguiu Janot – estrepitosamente a bandeira do estado de direito, mas desejam mesmo é defender os amigos poderosos com os quais se refestelam nas regalias do poder”.
O arremate de Rodrigo Janot foi enfático: “Faço um alerta para essas pessoas: a sociedade brasileira está cansada, exausta, cansada. Pode até levar um tempo, mas os brasileiros saberão reconhecê-los e serão fortes para repudiá-los”.

Da Redação com Paraíba.Com

CASO REBECA: acusado de assassinato vai a júri popular, diz TJPB

CASO REBECA: acusado de assassinato vai a júri popular, diz TJPB
O juiz do 1º Tribunal do Júri da Comarca da Capital, Marcos William de Oliveira, pronunciou o réu Edvaldo Soares da Silva, “Cabo Edvaldo”, a julgamento pelo Tribunal do Júri. O magistrado delimitou a acusação como incurso nas penas do art. 121, §º 2º, incisos I e IV (homicídio qualificado, por motivo torpe e por dificultar a defesa da vítima) e art. 213, § 1º (estupro- vítima menor de 18 anos e maior de 14), combinado com os artigos 29 e 69 do Código Penal e art.1º da Lei 8.072/90 (trata dos crimes hediondos).

Segundo a denúncia, o “Cabo Edvaldo”, em 11 de julho de 2011, agindo em coautoria com um indivíduo não identificado, estuprou e matou a jovem Rebeca Cristina Alves Simões, enteada do denunciado, cujo corpo foi encontrado sem vida na Mata de Jacarapé, nesta cidade.

Para o Ministério Público, os motivos do crime estariam consubstanciados pelo perfil psicológico do réu, voltado à prática de crimes sexuais, e pelo fato de ter a vítima descoberto que o réu mantinha ligações homossexuais com terceiro não identificado.

A denúncia foi recebida e decretada a prisão preventiva do réu, em garantia da ordem pública e para assegurar a instrução criminal. Interrogado, o réu negou as acusações. O promotor de justiça e o advogado assistente se posicionaram pela pronúncia do acusado ao julgamento pelo Tribunal de Júri. A defesa, por sua vez, se posicionou pela impronúncia.

O magistrado, após analisar as provas trazidas aos autos, ficou convencido da materialidade de dois crimes dolosos em suas formas consumadas e qualificadas: homicídio e estupro. O juiz entendeu que o homicídio foi duplamente qualificado, pelo motivo torpe (consistente no fato de que o réu visava ocultar seu relacionamento homossexual, silenciando a vítima) e pelo emprego de recurso que dificultou a defesa da ofendida (agiu de surpresa).

Com relação ao crime de estupro, o magistrado ressaltou que “o caso ora em análise, deve ser tipificado como estupro em sua forma qualificada, em razão de ser a vítima maior de 14 anos e menor de 18, nos termos do art. 213, §º 1º, do CP”.

Na decisão de pronúncia, o juiz do 1º Tribunal do Júri manteve a prisão do réu, por entender que não houve fato novo e que, no presente momento processual, o réu apresenta conduta social voltada para a prática de outros delitos, como comprovam seus antecedentes criminais. Levou em conta, também, o temor das testemunhas, e argumentou que, em liberdade, o réu pode atentar contra suas integridades físicas.

Por fim, o magistrado informou que, se não houver recurso da decisão de pronúncia, o réu Edvaldo Soares, possivelmente, será levado a Júri no mês de setembro. DICOM

Da Redação com PB Agora
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...